Leonor Moniz

NAME | NOME Leonor Moniz

NAME (OTHER FORMS) | OUTROS NOME(S) Lianor Moniz


Biographical data | Elementos biográficos


DATE OF BIRTH | DATA DE NASCIMENTO  Fifteenth Century | Século XV

COUNTRY OF BIRTH | PAÍS ONDE NASCEU Portugal
OCCUPATION / CHARGE / POST | PROFISSÃO / CARGO / FUNÇÃO Lady-in-waiting of Dona Filipa d'Almada | Donzela da Senhora Dona Filipa d'Almada (Corte de D. Afonso V)
DATE OF DEATH | DATA DA MORTE Sixteenth Century | Século XVI
LANGUAGES | IDIOMAS Portuguese | Português


Works | Obra

PRINTED WORKS | OBRAS IMPRESSAS 

 

Que mandar fazer de lume

Que mandar armar de panos,

Que chamar oos moços manos,

Que castigos de queixume.

Que cortês v’ mostrareis

Agora d’oficial,

Que carretos que trareis,

Para não falar em al.

 

RESENDE, Garcia de,  Cancioneiro Geral de Garcia de Resende, Lisboa, por Hermã de Campos, 1516 , fl.


BIBLIOGRAPHY | BIBLIOGRAFIA 

FLORES, Conceição, Constância Lima Duarte, Zenóbia Collares Moreira, Dicionário de Escritoras Portuguesas. Das origens à actualidade, Ilha de Santa Catarina, Editora Mulheres, 2009, p. 159

 

RESENDE, Garcia de, Cancioneiro Geral de Garcia de Resende, Lisboa, por Hermã de Campos, 1516 , fl.

 

SAMARTIN, Roberto Lopez-Iglesias, A dona do tempo antigo. Mulher e campo literário no Renascimento português (1495-1557), Santiago de Compostela, Edicions Laiovento, 2003.

 

SÁNCHEZ TARRÍO, Ana Maria “Ũ amor demasiado. Sobre a carta de amor em verso’ in José Luís Rodríguez (ed.), In honorem Ricardo Carbalho Calero, Santiago de Compostela, Parlamento de Galicia, Universidade de Santiago, 2000, volume II, pp. 66.